Dupla por aí: Esquiando em Whistler

by - segunda-feira, fevereiro 04, 2013

Olá pessoal!!! 


Como sempre, muito feliz com a participação de voces!!!   Recomendo que leiam os comentários  dos posts porque sempre aparecem informações super-mega importantes!  
Nos comentários voces poderão ler ainda sobre a  experiência de pessoas que moram em outras províncias! Bom demais, não é?   :)

Obrigada  de coração a todos que deixaram comentários, dicas experiências! 


Primeiro eu quero esclarecer essa estória da conta de luz ficar mais barata com as cortinas / persianas fechadas!!!  A seguir,  contarei  como foi nossa viagem para Whistler e as dicas da Dupla sobre esta estação de esqui!  

Para quem não tiver interesse em se aprofundar no assunto conta de luz, rsrs, pule direto para a parte do post que fala sobre..... WHISTLER, ok??  :)

Beatriz Mts:  Não é ignorancia nenhuma voce não ter entendido porque as cortinas fechadas economizam a conta de energia! A explicação voce vai ler a seguir!  

Sabem o que acontece???  Principio da troca de calor (ou de frio, rsrs).


Funciona assim:    A casa está quentinha (calefação ligada).  Lá fora um frio daqueles.   O vidro, apesar de ser duplo (nas construções modernas)  fica gelado.  Basta voce colocar a mão e vai ver que, embora a casa esteja bem quentinha,  o vidro estará frio.   Quando  fechamos  a cortina / persiana,  criamos um espaço entre o vidro e a cortina!    Na realidade, estamos criando um "colchão de ar"  que limita a quantidade de ar que vai esfriando.

Faz todo sentido, certo?

Aqui no apartamento da Dupla esse gasto de energia ficou ainda maior porque como falei para voces no post anterior o apartamento não tem "paredes"   para o lado externo...  é tudo de vidro!   Então o "esfriamento"  da casa  provocado pela grande quantidade de vidros é ainda maior, ou seja, a  nossa calefação devia estar trabalhando sem parar,   para manter o apartamento na temperatura desejada (selecionada no termostato), porque o ar quente estava sempre sendo "perdido"  ao encontrar com o vidro gelado!!  


Talvez  a economia de 20% citada no site da BC Hydro se refira a apartamentos / casas com paredes e janelas convencionais...  aqui no cafofo da Dupla está parecendo que a gente estava gastando uns 60% a mais, só por conta desses vidros exagerados... rs rs rs    Em breve teremos o mistério desvendado!  rs rs rs

Querida "vizinha"  Beatriz Ortiz!   A explicação está aí em cima....  Realmente, faz todo sentido!  
Essa outra dica da BC Hydro, mencionada por voce,  eu nem tinha lido! 
Fiquei tão chocada quando li que estava gastando 20% a mais de energia que corri para fechar as persianas e esqueci de ler o resto do site da BC  Hydro!!!  kkkk
O que voce está falando faz TODO sentido!!!!  A Dupla já "cansou"  de ficar em  hotéis por este "mundão a fora"   rs rs  e muitas vezes, quando saímos da cama de madrugada (para fazer um pipi-básico)  notamos que o quarto / banheiro estão bem  frios.... (na França eles são "mestres"  em fazer isso....) 
É verdade!!!!  Os responsáveis pelo hotel devem  pensar "eles já estão dormindo.... vamos diminuir a temperatura que ninguém  vai notar..."  kkk    
Eu não tinha pensado em "aplicar"  essa regra aqui no cafofo mas vou passar a fazer isso a partir de hoje!!!   rs rs rs  :)


Juliana:  Obrigada pelo comentário e por contar a experiência em Alberta!  Por isso eu acho importante que as pessoas pesquisem bastante sobre a província em que irão viver!  Sim, carteira internacional de motorista sempre vale a pena, mesmo que seja para sabermos que está lá ao nosso alcance caso necessário! :)   Aqui em British Columbia, ao contrário de Alberta, ter a carteira de motorista há mais de dez anos não reduz o valor do seguro!   :(  
Só reduziria se eu tivesse a carta da minha seguradora no Brasil.   Nossos carros lá não tinham seguro e sim rastreador (assunto para outro post, contando inclusive o desfecho de um sequestro...). Ou seja, o seguro de carro para a Dupla vai ser como se fossemos motoristas novatos, e o valor do seguro será reduzindo  em 5% anualmente (até o máximo de oito anos), caso não tenhamos nenhum sinistro (toc toc toc). 

Lais Maurílio:   O Canadá  é realmente ENCANTADOR.   A Dupla já esteve em muitos lugares, existem por aí cidades lindas e seguras  (a Suíça está cheia delas...)  mas...   a "combinação perfeita"  que é o lugar aliado  ao povo que habita o lugar nós nunca  tínhamos encontrado!  
Os Canadenses são amáveis, educados,  não discriminam ninguém,  enfim...  um povo maravilhoso.  Sinceramente?  O Canadá é tudo que eu sonhava e um pouco mais!!!! (e olha que eu sonho muito alto!  rsrsrs).   
Caso decidam a mudar-se para o paraíso, se precisarem de alguma info, etc, podem contar com a Dupla.  O que soubermos responder a gente conta aqui, e o que a gente não souber a gente pergunta para quem sabe!!!   :)

Obrigada André Amorim,  Renata, Juliana Viana Lima  e Thaisa!     Thaisa, no próximo post vou falar sobre transporte público e carro!  Hoje eu gostaria contar sobre Whistler, de onde a Dupla voltou ontem!!! Senão a "emoção"  passa e o post não sai tão detalhado....  Aguarde o post sobre transportes, ok?


Pois é Delta.... da vontade sim de ver a vista... é bonita demais !  O que temos feito agora, é abrimos  a persiana apenas nos ambiente em que estamos usando  no momento,  e o resto fica tudo fechado.... rs rs....  e à noite fechamos as persianas da casa INTEIRA!!! (antes só fechávamos nosso quarto para ficar escurinho e o restante da casa ficava com todas as persianas abertas.....)     :)    Vamos ver o que vai acontecer!   tchan tchan tchan tchan....   rs rs 


Pati e Temps!!!!   Querida!  Bom receber voce por aqui!  Estava com saudades!!!  Leia o post aí embaixo!!!  É sobre o seu mais novo esporte!  rs rs rs  (o esporte que é ótimo mas pode levar uma família à falência!  ha ha ha)

Wilma Santos:  Pior que é verdade.... no caminho para o aeroporto Tom Jobim a gente sempre via dezenas de garrafas pet boiando na água que margeia a estrada de acesso.... Uma vergonha!  Reciclar é tão importante e o Brasil joga muito dinheiro fora por não ter coleta eficiente e diferenciada do lixo! 


Apoema!  Bienvenue au Canada!!!  Espero que tenha tido um "landing"  suave e que esteja encantada e com tudo correndo às mil maravilhas!  Não esqueça de postar no seu blog como foi tudo!  :)    A explicação para a economia de energia está lá em cima... e realmente faz todo sentido!!!  Quando chegar a próxima conta eu volto aqui para contar se a "política da persiana fechada"  adiantou e em quanto ($$$).   PS: Você não perdeu nenhum post.... a Dupla ainda não falou sobre trabalho!   Breve!!!!   :)


Anonimo (David):   Eu não sei  daqui a quanto tempo a BC Hydro vai mandar a próxima conta mas..... esse consumo foi  nosso sim, e de apenas um mês!!! Isso porque a conta da BC Hydro foi passada para o nome do marido em 1 de Dezembro e na  conta está escrito "período de 1 de dezembro a 28 de dezembro" .  Pelo que voce falou, demos sorte de mandarem o consumo de apenas 1 mes (talvez porque ia mudar o ano??)...  porque se não tivesse sido assim nosso susto teria sido ainda  maior!!!!  ha ha   
Sendo um mês só,  deu para adotarmos as medidas de contenção... agora é esperar e ver o que acontece....  Quando chegar a próxima conta vou vir aqui contar para voces!  :)


Oi Kantynho!  haha  !!! Mais um que gosta de gastança, é?  rs rs  Achou o Blog certo... rsrs... volta e meia voce vai ler sobre umas gastanças por aí....rsrs
Creio que voce vai gostar muito de Montreal e Quebec!   Nós adoramos!
Toronto foi a cidade canadense que gostamos menos... mas aí é aquela coisa do...  "o que seria do amarelo se todos gostassem do vermelho"....  
Eu tenho MUITAS dicas de todas as três cidades (dicas sob o ponto de vista de "turista"  e não de morador...) e se voce quiser posso fazer posts sobre cada uma das cidades.  Ottawa também é bem legal, especialmente na época do ano que você vai!  :)


Oi Carina (Cadê Canadá):  Eu também achei bem caro, mas a landlord tinha dito que os moradores anteriores pagavam 60 a 70 e tinham um baby....  Estávamos deixando a calefação ligada "direto"  na casa inteira e com as persianas abertas eu creio que a perda de calor era muito grande, porque os vidros (apesar de duplos) estavam sempre gelados....  Talvez a  lavadora de roupas e secadora também "pesem"  na conta (comparando aos CAD 30 que você paga), mas de qualquer forma, aqui deveria ser no máximo uns 60 e não 113!  ai ai ai !!
Vamos ver com as "persianas controladas"  se a coisa melhora...     
Não conheço ninguém aqui do prédio.... vamos aguardar a próxima conta


Monica Moreira:  Prometo um post só sobre roupas.  Desde já te aconselho: Não compre nada no Brasil!  Voce no Brasil pagaria muito caro e os casacos brasileiros não são suficientes para o inverno Canadense!   Use "todas as roupas"  que voce tiver no armário (uma por cima da outra  rs rs)  para formar os famosos LAYERS.   Nos lugares muito frios,  mais importante que uma peça com, por exemplo, uma lã muito grossa,  são várias peças com, por exemplo, lã fina.  A razão é que o ar é um mal condutor de calor  ( / frio) e o ar que fica entre as camadas de roupa também ajuda a proteger do frio. Esta a razão dos casacos de  nylon que têm um enchimento com acrilon e ar serem tão levinhos e esquentarem tanto!   Siga ali ao lado o Blog da Dupla e voce ficará atualizada quando o post sobre as roupas de frio ficar pronto!  Enquanto isso vá olhando na Amazon   "hot chilly"  + "underwear"....   Super barato e já vai  adiantar um bocado!


Marilia!!!  haha... Fomos duas a chegar em casa  com dor no pescoço!!! ... Não só por causa do famoso "shoulder check" mas creio que pela tensão do exame também!   O meu exame também não teve nada de fácil!  Foram 50 minutos dirigindo (que pareceram uma eternidade kkk)... entrar na freeway...  sair....   passar por  zona de es escola (duas vezes!!) ...   todos os tipos de stop sign...  aquela entrada à esquerda difícil, em que você tem que ficar esperando uma "brecha"  ou o sinal ficar amarelo....    olha....    um su-fo-co!  
O examinador só não pediu mesmo a baliza, que é onde eu iria mostrar que tenho talento para trabalhar como vallet de restaurante!!! kkkk
Ainda sobre a conta de luz: Que chic a sua casa!!!  Cheia de lareiras!  Amei!!!   Eu adoraria, mas não temos nenhuma  fireplace!  :(   
Sim, o fogão é elétrico ou seja.... ele é  "Mr. BC Hydro"....  rs rs   
A água quente é caldeira do prédio e está incluída no valor do aluguel... ou seja, não foram  os banhos quentes demorados que fizeram a conta de energia ser tão alta!     
As lâmpadas não são o gasto maior,  pelo que estudei do assunto, o desperdício estava indo mesmo pelos vidros.... aqui não tem "janela".....é tipo uma caixa,   tudo  de vidro para o lado de fora.... ou seja....  os vidros ficavam geladinhos e "chupavam"  o calor aqui de dentro o tempo todo....  Agora, com as persianas fechadas,  criamos um "colchão de ar"  entre a parte interna (quentinha) e a parte externa (geladinha).    Depois eu venho contar os novo$  número$!  :)


Julia Bittencourt!  haha  Parece bruxaria mesmo, não é?  Mas a explicação voce lê por aí acima.... faz todo sentido... espero que dê certo e que eu possa diminuir bastante essa conta!!!!  :)


Oi Alex!  Obrigada pela participação!  Bom ver voce aqui outra vez!  :)
Sim, Vancouver é uma cidade cara.  Mas ainda assim...  é bem mais barata que o Leblon / Ipanema!    
Não... aqui não tem banheiro público em Carrara como em Monaco (banheiro de Carrara é??? Que chic!  Eu não conheço Monaco...)  nem  todo em inox como na Suíça e em algumas cidades americanas....  (esses sim... conheço vários... rsrs)
Aqui em Vancouver os  banheiros públicos são quase todos bem espartanos mas.... são muito limpos e muito  bem cuidados! Não é aquela pouca vergonha que vemos nos aeroportos internacionais do Brasil!    
Vou fazer um post com as contas detalhadas de quanto se gasta por aqui!  Aguarde! :)  De qualquer forma,  como "conselho geral",  recomendo que a família esteja bem preparada, porque os gastos são grandes na chegada e se não houver uma boa ba$e a experiência pode ser traumática, gerando discussões, tristeza, insegurança, etc.    
Breve eu contarei sobre nossa  vivência nesse assunto "gastos obrigatórios mensais"  

E agora....  com voces..... Whister!!!!



A Dupla já tinha ido a  Whistler quando visitamos pela primeira vez o Canadá, passeando em 2009, em pleno verão canadense.  Gostamos muito da cidade e posso futuramente contar para voces sobre Whistler no verão. 

Agora.... inverno.... com a Dupla morando pertinho... não deu para resistir!   

A  Dupla ama....  adora....  esquiar!!!!  

Como Chegar:
Nós fomos para Whistler de onibus.  Para quem mora aqui em Vancouver, ou próximo, a opção mais economica que encontramos foi o onibus da Greyhound que sai da Pacific Central  (a estação rodoviária de Vancouver).


Para ir até a rodoviária a Dupla foi de..... onibus comum!!! Cada um carregando a própria malinha e os próprios esquis! 


Sim, esquiar é um esporte muito, muito legal mas.... tem uma desvantagem: é caro.  Muito caro.

Para chegarmos  até a  montanha nem foi tão caro assim:
CAD 2.75  (cada)  para a passagem de onibus ("buzum"  comum)
+
o onibus da Greyhound de Vancouver para Whistler:  Custa CAD 18.00 e a viagem demora duas horas e  meia.   A distancia entre Vancouver e Whistler é de 93km.   
Ou seja, sai mais barato ir de Vancouver a Whistler do que do Rio a Búzios!  rs rs rs !!!  Viva o Brasiu-iu-iu !  


Para completar,  a estação rodoviária de Vancouver é calminha,  não tem aqueles pivetes que ficam rondando a Rodoviária Novo Rio. Aqui você não se preocupa com nada.


Atenção:  a Greyhound dá direito a apenas uma mala por passageiro  (mais uma  bolsa de mão ou mochila)  e.....  a mala tem que pesar menos do que 23 quilos, senão... babau.  Vai ter que pagar "extra"  (que nem acontece no avião).
A Dupla possui seus próprios esquis, então iríamos ter que pagar extra!  Seriam dois volumes extra!  Perguntei para a atendente se eu amarrase os dois pacotes de esqui num volume só,  se poderia pagar apenas um volume extra ao invés de dois.   Ela, muito seca, disse: "se o peso for menor que 23 quilos pode".   Felizmente eu tinha umas fitas (as fitas que a Dupla já recomendou em posts anteriores que sejam usadas para identificar as malas nos aeroportos!!!).  Peguei as fitas, amarrei as duas bolsas de esqui formando uma só e .... conseguimos economizar dez dólares (+ taxes)!  

A viagem de Vancouver para Whistler é super agradável e bonita! O onibus faz algumas (poucas) paradas no percurso, todas muito rápidas. Nesta época do ano dá para ver várias águias (olhe sempre para as árvores mais altas que não possuam galhos /  ramos, destas que têm o tronco praticamente seco)


Para quem vem de Victoria Island,  pode pegar esse mesmo onibus, porque uma das paradas é no terminal do ferry.


Para quem vem da costa leste, a  melhor opção  é pegar o onibus que liga o aeroporto de Vancouver diretamente a Whistler (sai mais prático e barato do que se deslocar até a rodoviária!).


Para quem vem do Brasil-iu-iu,  recomendo que passe no mínimo uma noite em Vancouver antes de seguir para as montanhas.   O jet lag é um fato e você não vai conseguir esquiar,  sem se machucar, depois de um voo tão longo.  Ficando em Vancouver uma noite voce acaba poupando dindin , porque  há mais opções de hospedagem a preços acessíveis  em Vancouver do que em Whistler.

Onde Ficar:
Os hotéis em Whistler são caros.   A Dupla já ficou hospedada vários vezes em hotéis que são "ski-in   ski-out" em outros resorts de esqui,   e em Whistler o preço dos hotéis mais próximos da Gondola eram bem mais caros do que os equivalentes em outros ski resorts.


Em Whistler Village  não há nenhuma acomodação em que você saia do hotel já esquiando e regresse também deslizando até quase a porta do seu quarto.   Talvez  exista essa opção no Creekside, mas em minha opinião, o Creeksite, embora tenha gondola  para acessar a montanha, é afastado do "centrinho"   quando se trata de sair para o lazer noturno.


A Dupla ficou num hotel  perto da gondola mas não tão perto assim.... eram uns 10 minutos de caminhada pela área central da village. Ficamos no Hotel Aava.  Gostamos demais,  tudo muito limpo, staff super simpático,  uma ótima hot tub e preços razoáveis, embora como já falei para voces, barato é um termo que não combina com estação de esqui....  


Excelente opção de hospedagem em Whistler

A cidade("Village"):  
Muito bonita, bem tratada, com muitas lojas de roupas e souvenirs.  Muitas opções de lounges, pubs, bares e restaurantes, todos próximos, sem necessidade de transporte público.   Há também liquor stores e dois ótimos supermercados.


No final de semana em que a Dupla estava lá, houve a abertura do campeonato de luge 2013. Aí o desfile das delegações participantes.

Abertura do campeonato de luge 2013 em Whistler

Whistler Village

Passe para usar os meios de elevação: 
Para quem mora em British Columbia ou nos Estados Unidos (apenas no Estado de Washington), uma opção vantajosa é adquirir o passe "The Edge".   Este passe dá direito a comprar o lift com desconto, mas voce terá que apresentar comprovante de residencia (o cartão do BC Health é suficiente, ou ainda a carteira de motorista de B.C.).   Com este cartão, para usar os meios de elevação por cinco dias, voce paga CAD 359.00 por pessoa (mais taxas)  ao invés de CAD 375.00  
Ou seja,  uma economia de CAD 32.00 para um casal. Mas de qualquer forma... apenas para "subir a montanha"   durante cinco dias lá se vão mais de 800 dólares  canadenses.... só para sentar o bundão.....  
Ou melhor.... sentar NÃO !!!! Leia aí abaixo sobre a gondola para entender a razão....

A Gôndola:
No primeiro dia eu detestei.  Fiquei resmungando comigo mesma "o que eu vim fazer aqui...urgh urgh urgh"    
É que a gondola que dá acesso ao topo da montanha em Whistler não tem bancos!!!    Ela tem uma "aba" , que apoia uma "meia bunda" , se é que voces me entendem.   Ao invés de ter a profundidade normal de um banco, tem apenas uns 25 centímetros de profundidade, ou seja,  voce não senta,  voce apoia a bunda assim "mais ou menos".   Bem pra menos do que pra mais, porque todo mundo esquia com roupa de nylon, ou seja, a sua bunda não fica "estável"  ali naquela "prateleira".... você fica escorregando... e tentando manter a sua bunda no lugar..... rs rs rs

Além disso.... a gondola é LENTA.  Ela demora TRINTA MINUTOS para chegar no topo.  Ok, vão dizer que a distancia é longa.  É sim.  Mas a gondola é antiga, e poderia fazer este percurso quase que na metade do tempo....
Mas... o visual que se tem enquanto viajamos na gondola é bem legal, o que não chega a ser nenhuma "big vantagem"  porque toda vista de gondola / teleférico em estação de esqui é bonita, porque picos branquinhos  são sempre uma atração a parte....

A gondola que liga Blackcomb a Whistler.... esta sim.... maravilhosa! Chama-se "Peak to Peak".  É novinha, super moderna,  com bancos de verdade (ao invés do "apara-bunda") e duas  (as "silver") têm uma parte do piso feita de vidro para que possamos olhar as pistas, o rio e a floresta lá embaixo!  Demais,  não é mesmo? As vermelhas têm o piso "normal"  (sem vidro).



Piso de vidro na gondola moderna (Peak to Peak), que faz a ligação entre Whistler e Blackcomb





Peak to Peak Gondola
 Essa sim, moderníssima.  Já a que liga Whistler Village ao topo.... hmmm.......


Os teleféricos (lifts):
Também são BEM antigos.   Um dos teleféricos (Big Red Express)  tem um trajeto bem longo e não há nenhuma cobertura, etc.   Em Lech, na Austria,  todas as cadeiras (lifts) que fazem um percurso maior têm uma tampa de acrílico para proteger o esquiador do vento ou da nevasca em dias de tempo inclemente. Ainda em Lech, há muitos lifts tão modernos que o banco  é aquecido e há ainda esteiras que levam o esquiador até a cadeira  (em Whistler tivemos dias em que formava uma grande placa de gelo no acesso às cadeiras, tornando desconfortável o momento do embarque).

O sistema de controle de passes: 
É antigo.   Eles ainda usam um scanner para ler o código de barras no passe de esqui!  Na Austria há pelo menos seis anos,  o passe fica dentro do bolso e quando voce se aproxima da catraca ela abre.  Ou seja, as catracas são moderníssimas e conseguem "ler"  o seu passe mesmo ele estando no seu bolso (altura do peito, normalmente do lado esquerdo; ou para quem gosta, na bolsinha externa de algumas luvas de esqui).
Em Aspen também não  há leitura por scanner há muitos anos.
Ou seja.... achei que Whistler poderia estar mais modernizada no assunto "passe".

A Montanha:
A montanha é grande.  Imensa.  Enorme.  Eu recomendo que voce faça aulas de esqui (ou snowboard).  Mais fácil esquiar com um instrutor e um grupo de pessoas que esquiam no mesmo nível que voce, do que voce tentar   "desbravar"  a montanha sozinho e acabar se perdendo e entrando numa pista acima da sua habilidade! 


Uma coisa que achei boa em Whistler, é que os grupos têm no máximo quatro pessoas, ao contrário de outros resorts como na França, Itália e Austria em que chegam a ter oito "alunos"  por instrutor de esqui!  Em contrapartida, os preços das aulas "private"  em Whistler são mais caros do que na Europa!!!   Um dia de aula particular de esqui na França ou na Austria  custa no máximo 400 Euros.  Na Italia é ainda mais barato (e excelente!).


Em Whistler, o dia inteiro com esquema "private"  custa CAD 624.00 ao passo que em Aspen custa USD 680.00 mas se forem cinco dias há um desconto e o preço cai para USD 600.00 por dia, coisa que não existe em Whistler (o desconto para quem compra um número maior de dias)


Whistler é ligada a Blackcomb (através da gondola "Peak to Peak"). Juntas  formam a maior estação de esqui na América do Norte.  Por isso eu acho que esquiar com um instrutor, ou com algum amigo que já conheça a montanha facilita muito!  

Ouvi da minha instrutora um caso que aconteceu com ela, e fiquei apavorada!!!  Ela contou que saiu para esquiar com tres amigos e dois esquiaram os glades (esqui entre as árvores) e se perderam.   Chegaram num local em que não havia teleférico para retornarem e teriam que subir muita montanha até encontrarem a pista oficial.    Telefonaram para a esqui patrol e sabe qual foi a  resposta???  "Já são quase quatro horas, vai escurecer em breve e não é seguro para a ski patrol sair procurando ninguém agora. Cavem  um buraco na neve para se protegerem dos "elementos"  (frio, etc)  e amanhã pela manhã faremos a busca". 

Que tal?

A instrutora disse que ficou em contato com os amigos de hora em hora durante a madrugada, para checar se estavam bem e dar um apoio moral (rsrs) e que tão logo clareou a patrol saiu em busca dos dois amigos e fez o resgate deles.


Que medo me deu quando ouvi essa estória!!!!  Quase pedi a instrutora para esquiar no colo dela!  kkk
Gondolas ligando Whistler Village ao topo (Roundhouse Lodge)

Enfim.... todo cuidado ao esquiar  num lugar que voce não conhece é pouco!


Tenha também sempre o seu celular com bateria totalmente carregada quando começar o dia nas pistas, além  do telefone da esqui patrol e de algum amigo que esteja com voce, e  ainda do hotel em que voce estiver hospedado. Não saia para esquiar sem ter o celular e estes telefones com voce!


Numa emergencia voce poderá acionar uma dessas pessoas.   Não se esqueça que o popular  "911"   não serve para resgate na montanha!  rsrsrs

As pistas:  
São boas, largas e muito longas!  Eu  acho que são difíceis (comparadas com o mesmo "grade"  em outras estações que conheço).   

Muitas pistas "azuis"  (nível médio) em Whistler seriam consideradas "pretas"  (nível difícil)  em Snowmass.


Algumas pistas consideradas "fáceis"  ("verdes") em Whistler iriam, com certeza, intimidar uma pessoa que estivesse ainda começando no esporte.   Se voce esquia em  nível intermediário-avançado  ou avançado, pode ir sem susto.  Se voce quer aprender, eu não sei mas.... eu recomendaria Buttermilk no Colorado (entre Aspen e Snowmass).  Trata-se de uma montanha focada especialmente para quem vai iniciar nesse esporte.  Não que Whistler não seja bom, não é isso!  É que existem lugares melhores, na minha opinião....  Courchevel também tem ótimas pistas para quem está no comecinho do aprendizado....


Algumas vezes a opção é essa.... ou...  essa.....  (rs rs rs)
Ou seja.... se correr o bicho pega.... se ficar o bicho come....
(pistas  que têm como símbolo um diamante negro são consideradas difíceis, destinadas apenas a esquiadores experientes).  

Mapa:  
A montanha é tão grande que eles não falam "mapa das pistas"!  Eles chamam de ATLAS !!!  ha ha ha    
Realmente, é tudo muito grande.  A sinalização é boa, mas não é ótima  (na França é bem melhor, porque as pistas são marcadas com os nomes e a quilometragem, então fica fácil para voce saber a 'quantas"  voce anda na montanha, se falta muito tempo para chegar embaixo, etc, além de garantir que voce está na pista que planejou esquiar.     Courchevel tem também muitos mapas gigantes (tipo "outdoor")  em locais estratégicos da montanha.  Mais simples para achar o caminho...

Educação:  
A educação nas pistas de Whistler é fantástica!  Todos respeitam a fila (coisa que não acontece na França em algumas estações da Suiça que são frequentadas pelos alemães...).   
Os esquiadores e "snowboardistas" em Whistler  são super educados em sua esmagadora maioria,  e "dão espaço"  para quem está na frente (quem está na frente tem sempre prioridade).  
Não há os "kamikaze"  tão irritantes (e perigosos) que existem na França, em que, muitas vezes, parece que o "hobby"  dos garotos é passar por voce a 150km por hora tirando um fino de meio centímetro ou até roçando nylon com nylon do casaco.  Ameaçador!  E perigoso!  Em Whistler, pelo contrário, achei a educação das pessoas na pista (e fora dela)  nota mil.   Um ponto muito favorável, em minha opinião, já que trata-se de segurança.

Onde Comer:
Na montanha há o Roundhouse Lodge, com vários tipos  diferentes de culinária.  Tem desde vegetarian até ribs passando por fish & chips e vários tipos de saladas.  Os preços são mais ou menos os mesmos praticados em outros resorts, e se voce não tomar coca cola  (a água é gratis),  voce vai gastar aproximadamente CAD 8.00 por uma sopa  ou CAD 16.00 por um fish and chips.  Por pessoa.   Sim...lembra que eu falei para voces que o dinheiro sai rápido???  rsrsrs Pois é....

Fora da montanha:
Para jantar, Whistler tem várias opções de ótimos  restaurantes.   O que gostamos mas de todos foi o Sushi Village, onde é possível um casal comer por 80.00 CAD  (sem sobremesa e já com taxa e  gorjeta de 15%).

Sushi Village: Maravilhoso e com preços razoáveis (razoável considerando-se preços num  resort de esqui)

Mongolie Grill também é bom mas é mais caro.  Você escolhe os vegetais e carnes, que são depois pesados e colocados na chapa.  Muito gostoso mas o jantar não sai por menos de CAD 100.00 (para dois).
Sobremesa do Mongolian Grill.   Voltamos lá um dia só para poder repetir essa sobremesa!

Há ainda o Earls  (bom e com preços medianos) e o Luppino Pasta, que foi o mais barato de todos (aproximadamente CAD 60.00) mas o marido não gostou porque achou que tinha molho de tomate demais...


Luppino Pasta.   Molho de tomate demais... embora tenha sido o restaurante mais barato que encontramos lá....

De qualquer forma, em Whistler, prepare pelo menos uns CAD 110.00 por dia para um casal, apenas para o almoço e o jantar.


Não tinha como não regressar ao Sushi Village.... Desta vez um rolo vegetariano!  Ótimo!

Para economizar, não tomamos café da manhã em nenhum "café"  (havia lugares com placas, oferecendo o "full breakfast"  por CAD 12.00 por pessoa + taxas + gorjeta).  Nós compramos pão de forma no mercado, presunto e queijo e tomávamos café no quarto,  com coca cola.  Só aí foi uma boa economia!

Aluguel de equipamento:  
Nós temos tudo que é necessário (roupas próprias, botas, capacetes, esquis, etc) então não sei informar os preços de aluguel de equipamentos.  Voces podem olhar no site de Whistler Blackcomb para ter uma idéia de preços.   De qualquer forma, assim que chegamos lá deixamos nossos esquis para receberem uma camada de cera (super importante a cada inicio e final de temporada) e pelo que eu vi na loja eu achei os esquis que estavam nos racks para serem alugados com cara de serem muito velhos, muito gastos.... especialmente olhando  os esquis que estão disponíveis em outros resorts do mesmo padrão / fama / etc...
Se voce gosta do esporte, recomendo que compre seus esquis  (Pati e Temos, essa é para você!!!)  pois em pouco tempo voce já sai ganhando.

O tempo:  
Demos MUITA sorte com o tempo!!!  Na maioria dos dias em que estivemos em Whistler (ficamos uma semana)  fez SOL !!!  :) 

Para quem mora "do lado de cá"  do Canadá  (Vancouver, etc)  sabe como o sol é matéria rara nesta época do ano!!!     


Em compensação.... existe uma nuvem que fica "estacionada"  na metade da montanha, e quando voce esquia por ela é como se estivesse num voo cego!!!!    Não enxerga patavinas, o máximo que se consegue ver são uns 3 metros na frente e olhe lá....   


Olha quanta nuvem lá embaixo!  E para descer esquiando tem que passar no meio delas!!!  "Voo"  totalmente cego!!!! rs rs rs 

Se voce estiver seguindo um instrutor, tanto melhor, mas mesmo assim "grude"  para não se perder dele!!! 


Enquanto esquiava por lá encontrei umas duas pessoas que estavam "perdidas"  pois o instrutor desceu pela neblina e as pessoas não conseguiram acompanhar!!!
A parte masculina da Dupla num dia de tanto fog que não se vê o pico de Whistler!

Enquanto subíamos nos lifts (teleféricos) , foi possível conversar com muitas pessoas, e várias reafirmaram que é muita sorte ter um dia de sol nesta época do ano em Whistler, que dirá...   vários dias de sol!  

Uma das pessoas me falou que vai a Whistler anualmente há mais de dez anos, fica sempre durante uma semana e esta foi a primeira vez em que conseguiu ver os topos das montanhas sem nuvens / fog!!!    Por aí voces vêm que realmente a Dupla teve muita sorte!


O mais importante.....



A neve:  
Well.........  a neve é boa mas.......... é mais pesada que a do Colorado....

Eu achei mais difícil para esquiar.  Mais dificil para fazer as curvas (os turns) e tem momentos em que chegam a aparecer umas bolinhas de gelo e mesmo nas pistas mais inclinadas a neve era bem pesada....   

Pode ser que quando neve muito, o "powder"  deixe tudo "fluffy"  mas eu sou um desastre esquiando powder, por mais que eu tente eu sempre me estabaco.... eu gosto de "corduroy"  (as ondinhas que ficam na neve depois que a máquina passa durante a noite, deixando a  pista toda lisinha.....)  rs rs rs  
Qualquer coisa diferente disso eu me atrapalho inteira!  :)

Se vou continuar esquiando em Whistler?  Por enquanto não sei responder!  Eu gostei bastante mas creio que gosto mais da neve (e do sol) do Colorado.   

Talvez por já conhecer muito bem as pistas de Aspen / Snowmass eu me sinta mais segura lá... .....   não sei....    

Talvez como "esqui local"  eu vá aproveitar Cypress Mountain (ainda não fomos lá), Mount Seymour e Grouse Mountain (ainda não conhecemos nenhuma dessas, quando eu for lá contarei para voces).   


Olha a DUPLA aí !!!!   rs rs rs rs 

Para a "temporada oficial anual"  não sei....  pode ser que eu venha a adotar Whister mas por enquanto não tenho uma opinião 100% formada para dar à voces....

Se quiserem mais alguma informação sobre Whistler, escrevam aí nos comentários e se eu souber a resposta  eu conto!  :)


Na volta melhor ainda! O onibus da Greyhound faz paradas em downtown Vancouver, na West Georgia quase na esquina com Burrard! 
Ou seja.... saltamos do Greyhound e viemos andando à pé  para casa!!  Bom demais!   :)

Quando tivermos dez comentários eu volto para falar de transporte ou de custo de vida em Vancouver ou....para contar o  "onde foi que eu errei #4" (que não é assunto relacionado a esqui!!!). 
Para quem não sabe sobre os posts "onde foi que eu errei"  basta dar um "buscar" ali no canto superior direito do blog e poderá  conhecer o "aonde foi que eu errei"  números 1;  2 e 3  !!!!


Me contem o que voces querem ler primeiro, ok?

Abraço em todos e até breve!!!  Depois dessa "$angria" a Dupla vai estar por aqui...  pianinho  e  sem "exce$$o$"  !!!  

10 comentários

  1. Na verdade não consigo ler seu post inteiro. Sorry. O blog é seu, eu sei, e voce tem o direito de escrever como quiser. Mas tambem tem o lado do leitor que tem o mesmo direito de estranhar certas coisas.

    Explico; muitos espaços, muitas fotos e cheio de metáforas. O pior
    é o cinismo e o deboche que fala sobre o teu pais de origem.
    Já diz o velho ditado...''cada macaco no seu galho'' e parece que voce pulou para o galho do vizinho e fala mal do seu proprio galho.
    É ruim hein ! Comparação é desnecessária, soa bem falso e dá a impressão que voce é cheia de jeitinhos e muita esperta ou outra coisa pior. #FICADICA#

    ResponderExcluir
  2. Vai uma piadinha para vc.
    Do Veríssimo...adoro ele!

    Eu tomo um remédio para controlar a pressão. Cada dia que vou comprar
    o dito cujo, o preço aumenta. Controlar a pressão é mole. Quero ver é
    controlar o preção. Tô sofrendo de preção alto. O médico mandou cortar
    o sal.Comecei cortando o médico, já que a consulta era salgada demais.
    Para piorar, acho que tô ficando meio esquizofrênico. Sério! Não sei
    mais o que é real. Principalmente, quando abro a carteira ou pego
    extrato no banco. Não tem mais um Real. Sem falar na minha esclerose
    precoce. Comecei a esquecer as coisas: Sabe aquele carro? Esquece!
    Aquela viagem? Esquece! Tudo o que o presidente prometeu? Esquece!
    Podem dizer que sou hipocondríaco, mas acho que tô igual ao meu time:
    - nas últimas. Bem, e o que dizer do carioca? Já nem li ga mais pra
    bala perdida... Entra por um ouvido e sai pelo outro. Faz diferença...
    "A diferença entre o Brasil e a República Checa é que a República
    Checa tem o governo em Praga e o Brasil tem essa praga no governo" "
    Não tem nada pior do que ser hipocondríaco num país que não tem
    remédio" .... Luiz Fernando Veríssimo

    ResponderExcluir
  3. Oi Dupla!!!
    Entendi tudinho sobre o lance das cortinas! Agora fez todo o sentido mesmo!!! Kkkkk
    Ah! E sobre o meu método de "congelamento de filhos" funcionou muito! Deixar o aquecedor baixo durante a noite nos fez economizar uns 70%, sim isso tudo!!!!
    Lindas fotos de Whistler! Pelo jeito a Dupla entende tudo de estação de ski!!
    Eu sou iniciante, esquiei na lua de mel (há 15 anos) e só agora voltamos com o esporte! Estou amando mas só me atrevo em verdes e azuis!! Kkkk
    Temos o passe familiar da Seymour e acho que p a Dupla nao vale ir pra lá não!
    Ainda não fomos esquiar na Grouse, e nem pretendemos ir pois muitos reclamam da chatisse da gôndola, primcipalmente na volta!
    Fui na Cypress no meu aniversário, que é free, e gostei bastante. Estamos pensando em "adotá-lá" na próxima temporada, inclusive ouvi dizer que eles começam a fazer uma pré venda agora no spring com 70% de desconto, acho que vale uma fuçada no site!
    Adorei o post, as fotos, os detalhes!!
    Continuem assim, contando TUDINHO!!
    Bjs
    Beatriz


    ResponderExcluir
  4. Amei o post e o esclarecimento! Obrigada :) Os temas que você sugeriu são ótimos, mas voto no tema "custo de vida" primeiro rsrsrs... abraços a dupla!

    ResponderExcluir
  5. oiii! valeu pela menção, viu? ah e eu voto pelo onde foi que eu errei #4" pq. ainda tô aqui no Brasiuu, né? bjs e tudo de bom!

    ResponderExcluir
  6. Ai gente, como assim "cava um buraco na neve pra se proteger dos elementos?" e aí??? Fiquei curiosa com o fim da história! Isso dava um belo roteiro para um desses filmes do tipo "terror na neve"! :O
    Beijos

    ResponderExcluir
  7. Oi dupla, cheguei por aqui e me interessei por esse post sobre esquiar. Eu e maridon esquiamos ha uns 6 ou 7 anos, mas nunca esquiamos na America - nem do sul, nem do norte..
    Estava esses dias mesmo comentando de como sera que eh pros lados dai... Dai me interessei muito pelo seu post. Eu mesma acabei de fazer um post sobre nossa ultima viagem de esqui, q foi na semana passada... Mas o meu nem de longe tem tanta informacao quanto o seu... =)
    "Em Whistler Village não há nenhuma acomodação em que você saia do hotel já esquiando e regresse também deslizando até quase a porta do seu quarto." isso eu acho um problema, ja aluguei uma casa na Suecia em que ficavamos meio longe da pista e era dureza andar tudo aquilo, todo dia! Eu customo procurar por apartamento que estejam bem perto da pista.
    Voce se importa em dizer quanto era a diaria do seu hotel?
    Esquiar realmente eh uma coisa cara... Achei o ski-pass meio caro por ai também... CAD 359 da uns 260 euros? Por 5 dias? Virge... Por aqui pode sair caro, se comprar o ski-pass na hora. Eu comprei numa promoção com bastante antecedência e paguei 150 euros (por pessoa) por 6 dias.
    "A montanha é grande. Imensa. Enorme. Eu recomendo que voce faça aulas de esqui (ou snowboard). Mais fácil esquiar com um instrutor e um grupo de pessoas que esquiam no mesmo nível que voce, do que voce tentar "desbravar" a montanha sozinho e acabar se perdendo e entrando numa pista acima da sua habilidade!" ue, e nao basta ter um mapa? Na suécia não tinham muitos mapas, na na Franca tem e mesmo naqueles resorts enooooormes da pra esquiar tranquilamente, porque tem muita sinalização e eles te dao um mapa pra voce levar consigo. Eu particularmente nao pagaria uma aula por causa disso.
    "Não há os "kamikaze" tão irritantes (e perigosos) que existem na França, em que, muitas vezes, parece que o "hobby" dos garotos é passar por voce a 150km por hora tirando um fino de meio centímetro ou até roçando nylon com nylon do casaco. Ameaçador!" eu sei que cada experiencia eh diferente, mas eu juro que nunca aconteceu nada disso conosco... E olha que ja fomos pra varias estacões de esqui na Franca. Sera que foi a semana em especial? Sera que era uma semana com muita gente nova? De universidade? A única vez que tive problemas foi com um gripo de russos... Mas foi so dar um berro que eles pararam rapidinho e pediram desculpas.
    Em geral todas as vezes que esquiamos as pessoas respeitavam as filas, esquiavam longe e eram educadas. Inclusive parando para ajudar quando alguém caia... Entao, realmente não foi essa a impressão que eu tive, em nenhum lugar em que fui esquiar.
    Eu li os comentários aqui e devo dizer que concordo em partes com o "anonimo" ali acima (so que eu não posto nada anonimamente, acho isso feio ate). Eu acabei de chegar aqui e gostei do seu post, achei super bem explicado e dando varias dicas, mas eu não gosto de post que fica tirando sarro do Brasil. Eu reconheço um monte de coisas ruins por la (eu sou de São Paulo, mas não acho que eh muito diferente do Rio), mas o seu texto da uma conotação de que la eh um lixo e ai eh maravilhoso.
    Pode ser essa a sua sensação, respeito se for, mas discordo.

    ResponderExcluir
  8. Fala, dupla querida! Ficamos esperando seu post por vários dias, até que fugimos do carnaval para a cidade natal e acabamos ficando um pouco offline. Enquanto isso, vocês foram "surfar" em Arpoador Whistler! Ahahahaha! Muito bom... Quando eu chegar vou experimentar isso mas acho que prefiro trenó!
    Em Mônaco o banheiro público que fica numa passagem subterrânea entre o cassino e o túnel da Formula 1 é de mármore de Carrara mesmo. Limpíssimo e cheirosinho... Mas tem hora em que chamo Vancity de Monacanada... 1400000 reizinhos por um 2 quartos? Os chineses especulando... Mas parece que muitos imóveis estão encalhados no Realtor.com... Será que aceitam ofertas do tipo: pago à vista eganho 25%??

    ResponderExcluir
  9. Oi Luana!
    A gente reservou pelo booking.com pq deu um preço um pouco melhor q direto com o hotel. O hotel foi o Aava, mto bom.
    Sinceramente? Agora q já esfriei a emoção? Prefiro o esqui em Aspen / Snowmass. Especialmente em Snowmass, vc sai do quarto já na pista. Se quiser mais info me mande email para duplacanadense "at" gmail.com (arroba no lugar do "at"...se eu colocar o email inteiro aqui os robôs ficam me enchendo de spam!)
    Nao sei onde vc tem esquiado na Europa... Com EXCELENTES pistas e bem barato, recomendo Selva di Val Gardena, no norte da Italia. Em Oberlech tbem, sai do quarto com esqui no pé, mas é mais caro (mas vale MUITO a pena), Lech é legal (ou fica em Lech Pu Oberlech, já ficamos em ambos e preferimos Oberlech). Courchevel 1850 pistas fantásticas e tem hotel 2 estrelas bem limpinho e bem localizado por preço até melhor que aqui em Whistler...
    Zermatt detestei...so mesmo pela "boniteza" do Matterhorn...mas tem q pegar taxi (na realidade eh tipo um carrinho de golfe pq na cidade nao pode entrar carro). Tudo caro pra KCT so gente muito metida e as pistas "nada demais" (icy !!!). Wengen na Suiça é SHOW, comida muito farta e "barata" ( p padrao de estaçâo de esqui). Acompanhe o blog q de vez em qdo vou colocar um "Dupla por aí..." E conto mais detalhes sobre cada uma delas, com muitas fotos, claro, kkk, pra não perder o costume!!! :))
    Mas.....que nenhum canadense me escute.....entre Whistler e Aspen nem pense duas vezes..... O Colorado tem 300 dias de sol por ano.....neve seca (a de Whistler é pesada) e como vc já sabe....10 min andando com aquela bota eh PHODA....kkk.....sem falar q tem q colocar proteção de sola senão ta arriscado a estragar a bota e lá se vão 850Sfr pro saco!!!! :)
    Abs da Dupla!

    ResponderExcluir
  10. Que post interessante e as fotos são impressionantes. Que delícia poder viajar e conhecer novos . CURIOSA para ler próximo post.GOSTEI De todos os temas. DEsculpe., Meuse teclado está horrivel... destesto a função auto-completar.

    UMA boa semana para a dupla.

    THAisa- Rio

    ResponderExcluir

Seu comentário será publicado após nossa aprovação. Obrigada.

Your comments will be published after our approval. Thank you.

You May Also Like